quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Desabafo!

Bem pessoal





Nas últimas semanas eu realmente não sei como escrever todos aqueles mínimos pensamentos que se passam aqui dentro de mim, pensamentos vagos cheios de perguntas sem respostas, de dúvidas e algumas tristezas - basicamente é isso que vivi nos últimos dias.


Me pergunto, e pergunto a você também, leitor anónimo que lê as coisas que eu escrevo - sou grata por isso e espero que de alguma forma minhas palavras possam te beneficiar - pergunto o porque de algumas pessoas caminharem rumo a contendas, fofocas sem nexo, brigas, idiotices e pensarem que estão fazendo a coisa certa e ainda manterem a pose achando que todos ali são - de alguma forma em sua cabeça maluca - menor que elas? Não, eu nunca entendo e talvez não aja uma resposta franca para isso. O fato é que esse grupo de pessoas me incomoda de alguma forma, é inevitável pra mim olhar e passar desapercebido, gostaria muito de não me importar, mas, não sei, não desce.


Eu queria muito que tudo isso acabasse, que essas pessoas mudassem e colocassem pra fora a sua parte boa - sim, todos temos alguma parte boa para mostrar, cada ser humano na sua maneira diferente de ser.


Eu não sou perfeita, estou longe disso e busco isso todos os dias, mas com o passar do tempo e com o que ando observando, eu sou bem melhor do que pensei que era, e mesmo sendo bom para minha auto-estima isso me entristece muito. Não é legal e nem vantajoso ver pessoas se destruindo achando que estão arrasando, desfilando rumo a suas próprias desgraças, escondendo suas falcatruas e pensando que estão se dando bem, que ninguém nunca vai saber, que elas são espertas. Quando vão entender que o que é importa é Deus, ele vê tudo e é a ele a nosso respeito.


Existem inúmeras histórias fantásticas para serem escritas e Deus escolheu cada ser humano para isso, vivemos os últimos anos aqui nessa terra passageira e ver pessoas com um chamado grande se jogando dessa forma, o inimigo vendando os seus olhos e elas não percebendo, é sem dúvida uma lástima. Uma atitude deve partir de cada um, com urgência.






Peço desculpas pelas palavras misturadas e nem um pouco poéticas, esse blogger como no seu próprio nome - que custei para achar - permitindo-me é aonde eu me permito a mostrar o que há dentro de mim, e é aqui, talvez só aqui que posso de alguma forma tentar mudar as coisas em minha volta.


Eu sinceramente não sei quantas pessoas lêem, quando criei meu primeiro intuito nem foi ter milhares de leitores que amassem minhas palavras - palavras muitas vezes bobas - quero apenas que tenham leitores que absorvam as coisas boas que escrevo e que mude junto com elas, você pode pensar que não, mas se você mudar o mundo - o seu mundo - muda junto com você, e se todos contagiamos e mudarmos, sim, o mundo todo ira mudar, mudar para melhor.


Eu precisava dizer isso.
(sábado, 23 de outubro de 2010)
 
Texto retirado do blog Permitindo-me
... de uma pessoa que admiro muito: Pamella


Faço dessas, as minhas palavras...

Um comentário:

  1. Pr Ely Silva de Lima16 de novembro de 2010 04:46

    A paz do Senhor minha ovelhinha.
    Fico feliz por você ter o seu blog.Continue sim postando os seus pensamentos e opiniões,tenha certeza é benção pra muita gente.Deus continue abençoando a sua vida e a sua casa.Quem sabe amanhã você lança um livro,estarei lá prestigiando o lançamento.
    Seu conservo
    Pr Ely Silva de Lima.

    ResponderExcluir

SEJA BEM VINDO PARA DAR A SUA OPINIÃO...SEJA CLARO E OBJETIVO...
QUE DEUS TE ABENÇÕE!

Related Posts with Thumbnails